Ressonância Magnética

A Ressonância Magnética (RM) é um exame de imagem simples, indolor e não invasivo que consegue obter imagens de alta definição de todos os órgãos do corpo humano.  Este exame permite informações detalhadas sobre várias estruturas do corpo, como cérebro, medula espinal, articulações, etc. Ao contrário de raios-X ou tomografia computadorizada, este exame não emite nenhuma radiação.

A máquina de ressonância magnética funciona como um grande ímã que interage com nosso corpo por meio de campos magnéticos e pulsos de radiofrequência. Assim, cria imagens em alta definição em três planos: horizontal, vertical e com o corpo dividido em camadas. 

A RM mede o teor de água dos tecidos do corpo, através da aplicação dos campos magnéticos. Muito resumidamente, mede a aplicação de campos magnéticos e as alterações de sinal de movimento de prótons de hidrogênio (composto principal da água).  Este sinal é captado pelo aparelho de ressonância magnética e um programa irá transforma-lo em imagens.  

ESTE EXAME É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DA EMPRESA LITORAL SERVIÇOS DE IMAGEM LTDA, CNPJ: 34.776.588/0001-01

Saiba mais sobre o exame:

Como é realizado o exame:

O exame pode durar de 15 a 60 minutos, dependendo da parte do corpo a ser analisada. É necessário que o paciente fique imóvel durante todo o período do exame. A ressonância é feita com o paciente deitado em uma maca e a parte do corpo a ser estudada é coberta por um aparelho chamado bobina de RF, que potencializa o efeito do campo magnético e melhora a qualidade da imagem.

Após isso a parte a ser estudada irá ser colocada no interior do aparelho para o início das “sequencias” que correspondem aos conjuntos de imagens para o diagnóstico.  Vale destacar que nem sempre é preciso entrar completamente no tubo. Por exemplo, lesão no pé ou na mão é possível ficar com o corpo na máquina e a cabeça para fora, o que gera um maior conforto para muitas pessoas.

Em caso de qualquer desconforto haverá uma campainha que poderá ser acionada. Durante todo o exame o paciente ouvirá diversos barulhos tipo batidas em intervalos regulares e ruídos intercalados, que significam que as imagens estão sendo captadas e é principalmente nesse período que é preciso ficar imóvel.

Outra importante consideração é que durante todo o exame de ressonância magnética o paciente deve ficar acordado. Se cochilar o corpo pode sair da posição e as imagens saírem distorcidas e borradas, sendo necessário um novo exame.

Além disso, é preciso ficar alerta o suficiente para cumprir uma série de instruções que os profissionais que estão executando o exame deverão estar passando, por exemplo, prender a respiração por 15 a 25 segundos algumas vezes ao longo do exame.

Indicações:

A Ressonância magnética tem sido mais utilizada como método auxiliar diagnóstico com o passar do tempo, sendo indicada para a pesquisa e análise de doenças neurológicas, ortopédicas, abdominais, cervicais e cardíacas. O exame pode diagnosticar, para ter ideia, esclerose múltipla, câncer, infartos, fraturas e até infecções.

Já os ortopedistas costumam pedir o exame de ressonância magnética para investigar os tecidos moles, como cartilagens e músculos. Desta forma, detectam tendinites, hérnias de disco e lesões de ligamento. Outra especialidade médica que utiliza com frequência este método para diagnóstico é a neurologia, tendo o exame como importante auxiliar para esmiuçar melhor problemas como o Alzheimer, atrofias e lesões nos vasos sanguíneos cerebrais (que podem indicar um AVC).

Sobre a Utilização do contraste:

Para realização de seu exame pode ser necessária a administração de meios de contraste por via endovenosa para melhor definição de estruturas. O uso do meio de contraste endovenoso é uma fase importante na maioria dos casos. O contraste irá destacar as estruturas vasculares (artérias e veias) e os tecidos por ela irrigados, aumentando a sensibilidade do exame na detecção de doenças que podem não estar evidentes na primeira fase do exame (sem contraste). O meio de contraste endovenoso usado neste exame é o contraste à base de gadolínio, um contraste seguro, cuja composição se difere dos contrastes iodados utilizados na tomografia computadorizada, sendo muito raras as reações adversas. 

Para as indicações de uso do contraste, é necessário apresentar o resultado de Creatinina recente (realizado nos últimos 60 dias) em pacientes acima de 70 anos, ou com as seguintes condições clínicas: quadro de doença renal aguda ou crônica, realizado transplante renal ou procedimento cirúrgico de rins e/ou vias urinárias.

Caso em exames anteriores de ressonância magnética ou tomografia computadorizada o paciente tenha apresentado quadros de alergia após a utilização do contraste, entrar em contato com a clinica para orientação.

Contraindicações:

A ressonância é um exame que produz um campo magnético muito forte, desta forma é preciso se certificar que nenhum objeto metálico esteja por perto durante o procedimento, mesmo que seja um singelo grampo de cabelo. Portadores de marcapassos ou cateteres não devem fazer o exame.

Para eles, aliás, é perigoso se submeter ao magnetismo do aparelho. Até mesmo tatuagens devem ser avaliadas antes que o paciente seja submetido à ressonância magnética, porque algumas tintas contêm ferro.

Pessoas claustrofóbicas ou que sofram de doenças que as impeçam de permanecer quietas também podem abalar os resultados. Em alguns casos, a sedação é necessária.

Pessoas com implantes auditivos (cocleares), alguns implantes oculares ou em outras regiões do corpo estão contra indicadas de fazer o exame. É importante que isso seja informado no momento do agendamento do exame de imagem

Gravidas podem fazer o exame:

As grávidas podem realizar o procedimento desde que haja indicação e necessidade, pois o método não apresenta radiação ionizante e, por isso, não prejudica a gestante. Entretanto, o exame não é recomendado durante o primeiro trimestre da gestação.

Portanto, antes de agendar uma ressonância magnética, informe o seu médico se você desconfia que está grávida e qual a data da última menstruação. Os efeitos dos campos magnéticos nos fetos não são bem estudados até o momento. Seu médico pode recomendar outro exame alternativo ou adiar a ressonância magnética até após o parto.

Preparo para o exame:

Para a realização da ressonância magnética, é necessário que retire todos os objetos metálicos que podem afetar as imagens do exame, como:

  • Jóias
  • Grampos de cabelo
  • Relógios
  • Óculos
  • Sutiã com aros
  • Perucas
  • Aparelhos auditivos
  • Para a realização do procedimento, é necessário comparecer à unidade com os cabelos secos, sem uso de gel ou creme ou qualquer outro cosmético em qualquer parte do corpo, assim como, estar sem joias, brincos ou piercings
  • Não utilizar maquiagem ou spray de cabelo, pois alguns produtos contêm partículas metálicas que podem interferir na imagem
  • pacientes que utilizam aparelho ortodôntico móvel precisam retirá-lo antes do exame. Os fixos, embora possam prejudicar a qualidade das imagens, não oferecem risco
  • Ir ao banheiro antes do exame para não experimentar nenhuma urgência durante a realização do mesmo
  • Será puncionado, para a administração da injeção de contraste se necessário
  • Caso necessite de algum preparo especial, será realizado durante esse período

Importante:

  1. Todo exame deverá ser avaliado pelo médico solicitante ou por médico especialista da área.
  2. O exame de diagnóstico por imagem é um Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Tratamento (SADT), sendo a sua conclusão apenas auxiliar no diagnóstico definitivo em estudo.
  3. Não realize exames sem a solicitação de um médico, assim você irá evitar desperdício de tempo, dinheiro e desconforto físico desnecessário.
  4. Realize seus exames em clinicas de credibilidade comprovada, com médicos que possuam títulos de especialistas reconhecidos nas respectivas associações médicas.
  5. Exame com exposição do corpo, usar ou trazer roupas adequadas que facilitarão a exposição da área avaliada.
  6. Chegar com 30 minutos de antecedência.
  7. Trazer documento com foto, cartão do convênio, pedido médico e guia autorizada pelo convênio.
  8. Pacientes menores de 18 anos ou maiores que 65 anos deverão vir acompanhados de um responsável legal, que deverá permanecer no local até o final do exame.
  9. Mulheres em período de amamentação não recomendamos a interrupção. Em caso de dúvidas, entrar em contato com a clinica para maiores informações
  10. A execução do exame depende da adequada acomodação do paciente no equipamento de ressonância magnética, o que é avaliado no momento do estudo, de acordo com a distribuição da gordura corporal e com a circunferência abdominal de cada pessoa. De qualquer modo, trata-se de um fator importante para os indivíduos com peso superior a 120 kg ou com circunferência abdominal maior que 170 cm
  11. Trazer exames anteriores da região a ser estudada que descrevem a alteração a ser marcada, incluindo as imagens (se houver), os quais são muito importantes para a correlação.
  12. Ao final do exame, o paciente será liberado para trocar de roupa e deverá aguardar 15 minutos, até que o médico defina se as imagens são suficientes.  O mesmo pode solicitar imagens complementares para maior precisão do laudo.
  13. Ao ser liberado o paciente não tem restrição alguma.
  14. Em caso de dúvidas, sinta-se à vontade para falar com um de nossos colaboradores. Estamos à sua disposição para qualquer esclarecimento.
 
Fechar Menu
WhatsApp WhatsApp